Escolha uma Página

A maneira mais eficiente de levar a sua empresa ao sucesso é selecionando bem as pessoas que farão parte da sua equipe. No entanto, isso demanda tempo e dedicação para aperfeiçoar e aplicar um processo de contratação realmente eficiente.

Se você ainda não sabe exatamente como conseguir o melhor resultado com o processo seletivo da sua empresa, fique conosco. Neste post, você descobrirá as etapas indispensáveis na estruturação da contratação, desde a criação da vaga até a seleção do profissional. Vamos lá?

1. Faça o desenho do cargo

Para realizar um processo de contratação eficaz, é essencial planejar exatamente o cargo desejado e o processo, até conseguir preenchê-lo. Essa é a primeira etapa do processo seletivo, por isso, merece boa parte da atenção da empresa.

Nela, serão pensadas as principais atribuições da vaga e as necessidades da companhia para ocupar o cargo. Para isso, é preciso definir exatamente quais são as habilidades, a formação e as características comportamentais ideais para a função.

Além disso, é necessário estabelecer as condições de trabalho, tal como a carga horária, a remuneração, os benefícios e os demais detalhes da atividade. Com isso, você terá uma boa descrição da vaga.

2. Invista na divulgação da vaga

divulgacao vaga emprego

 

Depois de tê-la pronta, é o momento de pensar nas estratégias para divulgação da vaga. Para isso, é preciso desenvolver uma visão voltada para o público-alvo e os meios de informação que ele utiliza. Dessa forma, fica mais fácil atrair as pessoas certas.

Entre os diversos locais nos quais a vaga poderá ser divulgada, estão:

Se o objetivo é atrair apenas candidatos altamente qualificados, é imprescindível que a empresa invista no fortalecimento da sua imagem. A sua visibilidade no mercado, os valores defendidos e as oportunidades geradas são informações importantes e com forte impacto no momento de atrair talentos.

3. Organize a triagem de currículos

 

Na triagem, você poderá selecionar os melhores currículos e descartar aqueles que não correspondem às exigências, dando início à primeira etapa eliminatória da seleção. Esse é o momento de identificar se o candidato corresponde ao que a empresa busca ou não.

Entre os métodos mais eficazes para realizar a triagem de currículos em um processo de contratação, estão:

  • cruzamento de dados e filtro por palavras-chave nos currículos;
  • observação do perfil comportamental nas redes sociais;
  • indicação dos superiores anteriores;
  • contratação de empresa especializada.

4. Aposte em uma pré-entrevista

A pré-entrevista não é realizada por todos os recrutadores, mas é bastante válida para quem quer otimizar as fases finais da seleção. Geralmente, são realizadas por telefone ou videoconferência e abordam questões básicas relativas às condições oferecidas pela empresa, os interesses do candidato e a confirmação de suas habilidades.

Após realizada, os candidatos devem passar por uma rápida avaliação e, assim que forem pré-selecionados, deverão receber o agendamento para as próximas etapas.

5. Aplique testes

Os testes são utilizados para descobrir informações sobre os conhecimentos específicos do candidato e para comprovar seus conhecimentos. Portanto, nessa fase, é importante analisar se as formações e capacitações presentes no currículo foram, de fato, apropriadas por ele.

Além disso, será possível observar suas respostas comportamentais a determinadas situações a partir de testes de simulação do dia a dia, ou mesmo questionários, assim como suas características psicológicas.

6. Aproveite o momento da entrevista

A entrevista é a etapa de afunilamento das relações com o candidato, uma vez que permite aprofundar o conhecimento acerca do profissional. Um bom recrutador é capaz de analisar gestos pequenos, atitudes, posição corporal e outros detalhes que podem comunicar muito sobre uma pessoa.

Se você quer aprimorar ainda mais a capacidade da sua empresa de identificar os traços dos candidatos, invista em diferentes estratégias de entrevista. Experimente realizá-las:

  • apenas pelo gestor da vaga;
  • apenas pelo responsável pelo RH;
  • pelo gestor da vaga junto a um profissional de RH;
  • pelo gestor da vaga e alguns membros da sua equipe;
  • por um grupo estratégico de profissionais.

Em geral, uma entrevista eficiente aborda aspectos diferentes da vida do candidato, tais como:

  • a área profissional: sua trajetória, empresas nas quais já trabalhou, as responsabilidades que assumiu, o motivo de sua saída, suas principais contribuições;
  • a área acadêmica: os cursos realizados, a razão de suas escolhas, a sua contribuição, as realizações em meio acadêmico;
  • a área familiar: a composição familiar antes do casamento, a qualidade das relações, as principais decisões do grupo familiar, suas prioridades;
  • a área pessoal: as áreas de interesse, como ocupa o tempo livre, quais são seus sonhos pessoais, quais suas maiores realizações na vida pessoal;
  • a expectativa de futuro: os seus planos e objetivos profissionais, a carreira desejada, sua trajetória na construção da sua realização e sua contribuição.

7. Estabeleça dinâmicas

As dinâmicas no processo de contratação servem para ver, efetivamente, como o candidato reage a determinadas situações. É possível perceber se ele é voltado para a liderança, para o planejamento ou para a execução de atividades, por exemplo.

Apesar de não ser obrigatória, essa fase ajuda a perceber como o candidato administra suas habilidades em situações que não estão sob seu controle.

8. Faça uma escolha adequada

Esse é o momento de decidir qual candidato, afinal, é considerado a melhor opção para a empresa em um determinado período. Muitas vezes, essa escolha não significa que os demais não eram aptos ou interessantes. Apenas indica que, no momento da contratação, um profissional preencheu melhor as necessidades e expectativas da organização.

Mesmo assim, para que o processo seja encerrado com chave de ouro, é importantíssimo que todos os candidatos que chegaram até as fases finais recebam feedbacks. Isso é válido tanto para auxiliar no aperfeiçoamento desses profissionais quanto para deixar as portas abertas para oportunidades futuras.

O feedback pode ser realizado por telefone, via e-mail ou pessoalmente, se o recrutador preferir. Nesse contato, agradeça a participação do profissional e acrescente sugestões sempre que precisar realizar críticas construtivas.

Agora que você já conhece o processo de contratação e os seus passos básicos, que tal ir ainda mais fundo nesse tema e melhorar as suas próximas admissões? Se você gostou da ideia, não deixe de baixar o nosso e-book “O manual completo para uma contratação eficiente“! Vamos lá!

 

ebook manual contratação eficiente