Escolha uma Página

O recrutamento e seleção de pessoas é um processo extremamente importante para uma empresa. Afinal, é por meio dele que serão encontrados os colaboradores que atuarão no seu desempenho, desenvolvimento e crescimento. Por isso, na hora de preparar esse procedimento, é essencial ter atenção e planejar todas as suas etapas com antecedência.

Confira a seguir algumas orientações para estruturar um bom processo de recrutamento e seleção:

Definir a vaga

O primeiro passo para preparar um processo de recrutamento e seleção de pessoas é definir quais serão as vagas ofertadas, de acordo com a demanda da empresa. Isso costuma ser feito pelo setor de RH em conjunto com o gestor da área para onde os profissionais serão designados.

Estabelecer quais serão as atribuições e os salários

Também é importante definir quais serão as atribuições da vaga: as funções que serão desempenhadas, o salário e os requisitos técnicos, pessoais e emocionais que serão buscados nos candidatos. Isso ajuda a selecionar os candidatos que mais combinam com o perfil do cargo.

Vale lembrar que, na hora de divulgar a vaga, deve-se explicar bem as atividades, competências e remuneração envolvidas. Isso serve para que as pessoas saibam exatamente ao que estão se candidatando, além de ajudar a atrair aquelas que realmente se interessam pela vaga.

Definir onde será feita a divulgação

Hoje em dia, existem diversas plataformas nas quais você pode divulgar uma vaga de emprego: são sites, redes sociais, agências, murais e até mesmo grupos de Whatsapp. Escolha os meios que julgar mais adequados e lembre-se de fazer um anúncio atraente, para despertar a atenção das pessoas. Ser criativo pode ser muito válido, desde que não extrapole o perfil do cargo e da empresa, é claro.

Fazer a triagem de currículos

Essa é a primeira fase eliminatória do processo de recrutamento e seleção de pessoas. Na triagem, é preciso encontrar os currículos que mais se adéquam às necessidades da vaga e da empresa, para então chamar esses candidatos para a próxima fase.

Definir de que maneira serão feitas as entrevistas, os testes e as dinâmicas

Antes de divulgar a vaga e dar início ao processo, é importante planejar bem como serão feitas as entrevistas, dinâmicas e testes. Estes são, afinal de contas, os elementos decisivos para encontrar o funcionário adequado para a vaga.

As entrevistas podem, por exemplo, ser feitas em duas partes: uma inicial, para conhecer melhor o candidato (incluindo sua história, experiência, vida profissional e pessoal), e uma com o gestor da área, para que a pessoa conheça o seu possível futuro líder e fale mais de suas competências.

As dinâmicas devem ser selecionadas de acordo com o cargo e com as informações que se deseja obter. Por meio delas, é possível conhecer e avaliar diversos fatores sobre os candidatos, como criatividade, liderança, negociação, comunicação e trabalho em equipe, por exemplo.

Os testes psicológicos, por sua vez, ajudam a conhecer os candidatos de forma mais aprofundada. É necessário lembrar que essas ferramentas só podem ser aplicadas por psicólogos e, além disso, devem estar favoráveis no Satepsi (Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos).

Comprovar os dados

É válido lembrar que sempre pode ser bom verificar e comprovar os dados do candidato selecionado, como endereço, formação escolar e experiência profissional. Pode ser interessante confirmar se o candidato realmente atuou na função descrita no currículo.

Comunicar os resultados

Essa é a última fase do processo de recrutamento e seleção de pessoas. Nela, o candidato aprovado é chamado para a contratação.

Ao contrário do que muitas empresas fazem, nessa etapa é importante entrar em contato inclusive com aqueles que não foram escolhidos para o cargo, para agradecê-los pela participação. Afinal, todos se empenharam no processo, e ficar sem um retorno pode ser muito incômodo.

Então, o que achou das orientações para planejar um processo de recrutamento e seleção de pessoas? Para mais informações, não deixe de entrar em contato com a gente!

 

ebook manual contratação eficiente