Escolha uma Página

O blog nada mais é do que uma página na internet na qual se concentram diversos conteúdos, sejam em forma de texto, áudio, vídeo ou imagem.

É como se fosse uma biblioteca com vários temas que um usuário da web visita e escolhe o que deseja ler de acordo com o seu interesse.

Os profissionais de RH podem ganhar autoridade na área, se tornarem referência no assunto, ao mesmo tempo em que vai formando um público de seguidores que admiram e confiam no seu trabalho, além do mais, pode gerar uma renda extra com seu blog!

Ficou curioso(a)? A seguir, explicamos: Como criar seu blog em apenas 6 passo e te damos dicas de estratégias para gerar tráfego no seu blog. Vamos lá?

Como fazer um blog em apenas 6 passos

Qualquer um pode ter seu blog mesmo sem entender de programação e designer, com o passo a passo que preparamos, você vai conseguir criar seu blog do zero.

 

Passo 1: Escolhendo o domínio do seu blog

Escolha um nome em que as pessoas batem o olho e conseguem fazer uma associação imediata com o assunto sobre o qual você está falando, no nosso caso o tema em foco é Recursos Humanos.

Ele também deve ser simples e fácil de escrever, para que os usuários tenham facilidade para encontrar seu blog.

Depois de escolher o nome, você precisa registrar o domínio para saber se ele já está sendo utilizado, pesquise no site Registro.br para saber se esse domínio já está sendo utilizado. A consulta é gratuita e não leva mais do que alguns segundos.

Passo 2: Defina a sua hospedagem

O servidor de hospedagem é, basicamente, a empresa que colocará seu blog no ar, com todas as páginas e funcionalidades que ele precisa.

Aqui entra em cena o CMSA sigla significa Content Management System, trocando em miúdos, Sistema de Gerenciamento de Conteúdo.

Apesar de apresentarmos alguns CMSs, como: WIX, Square Space, Blogger entre outros,  esse guia será focado no WordPress, pois é o CMS mais usado no mundo. Estima-se que ele tem em torno de 53% do marketshare de CMS!

Além de ser simples e fácil de navegar, o WordPress oferece incontáveis opções de temas e plugins, que fazem dele a melhor opção para qualquer tipo de blog.

 

Passo 3: Instale o seu blog (WordPress)

A maioria dos servidores já possuem a opção de “one click install” do WordPress, mas se o procedimento não der certo, você também pode instalar o CMS manualmente.

Sugerimos duas opções de hospedagem, para o tutorial de instalação do WordPress tanto no HostGator como no KingHost.

Se você optou por outro serviço de hospedagem, não tem problema! Basta baixar os arquivos do WordPress neste link.

Tudo o que você precisará fazer é colocar esses arquivos em seu servidor usando um cliente FTP (você pode utilizar o FileZilla) e depois configurar o banco de dados com o phpMyAdmin (consulte seu provedor de hospedagem caso não saiba como acessar este recurso). A seguir, mostramos o passo a passo.

Passo 4: Entenda o seu Dashboard

Essa será a tela que vai aparecer quando você entrar no seu blog.

 

O Painel (Dashboard, para quem instalou em inglês) é bem simples! Vamos passar pelos pontos principais:

 

Painel (Dashboard): Neste menu você pode consultar se há versões novas do seu tema, instalação e plugins.

Posts: O post é o bloco de construção fundamental em um blog! É através deles que você vai compartilhar seu conteúdo. Além de adicionar um novo post ou consultar os existentes, você pode gerenciar também as categorias e tags do seu blog por aqui.

Mídia (Media): Todas as suas imagens, fotos, vídeos e audios são mídias. Através deste menu você pode fazer o upload de arquivos que pretende utilizar nas suas postagens e também conferir a biblioteca com tudo o que você já subiu.

Páginas (Pages): Não confunda páginas e posts. Páginas são estáticas, não sendo atualizadas constantemente. Páginas de “sobre” e “contato” são bons exemplos. Você pode escolher o nome e a URL de todas as suas páginas através deste menu.

Comentários (Comments): Por padrão, todo comentário feito em seus posts vai aparecer aqui. Aprove as interações relevantes, responda às dúvidas dos seus leitores e busque interações legais.

Aparência (Appearence): Os menus aqui afetam apenas o visual do seu site, mas não afetam o seu conteúdo. Você pode escolher e também customizar! O seu tema por aqui, além de definir o que vai mostrar nos seus menus, widgets, cabeçalho e rodapé da página.

Usuários (Users): O seu blog pode ter múltiplos usuários, cada um papéis e permissões diferentes. Por aqui você pode convidar redatores, editores e até mesmo outros administradores para seu blog.

Configurações (Settings): Por aqui se faz o ajuste fino de como o seu blog se comporta, tanto para você quanto para o usuário final.

 

Passo 5: Plugins que podem ser úteis

Com a ajuda de plugins, você pode fazer seu blog ficar mais amigável, rápido e seguro para o usuário. A melhor parte é que a maioria deles são gratuitos e simples de instalar! Vamos te indicar o que usamos em nosso blog:

Yoast SEO – é focado na otimização de seu conteúdo para que ele obtenha rankings melhores. O plugin sugere que você escolha uma palavra-chave para o seu conteúdo, faça uma breve descrição, além de te mostrar uma prévia de como o post aparecerá nas ferramentas de busca.

Ele também faz uma análise de seu post para encontrar oportunidades de melhoria.

 

Passo 6: Defina o design do seu blog

Pensando na hipótese de que vocês são profissionais de RH e não designers, vamos citar 4 templates gratuitos para o seu blog: Semicolon Magazine,  Rams Hoffman,  Yuuta que o wordpress disponibiliza para dowload.

Siga as estratégias de sucesso para gerar tráfego no seu blog

 

SEO (Otimização de sites para motores de busca)

O SEO não só é o nosso primeiro item da lista, mas como é o principal fator a ser levado em conta na hora de gerar tráfego para o seu blog. Basicamente você deve usar palavras-chave relevantes em seu conteúdo. A ideia é descobrir o que o usuário pesquisa no Google para criar conteúdo para ele.

Dica: pesquise no Planejador de palavras chaves gratuito do Google, para acessar  faça login na sua conta do Google AdWords em http://adwords.google.com.br/KeywordPlanner.

Uma vez que os motores de pesquisa identificam que você tem as respostas dentro de um conteúdo relevante, ele começa a ranquear seu blog nos primeiros resultados. Com isso você consegue ser encontrado pelas pessoas que deseja atrair.

 

Benchmarking

Faça um benchmarking aprendendo com os melhores blogs de RH para se inspirar e ficar por dentro de assuntos atuais do segmento e você poderá ter uma boa ideia da diferença do artigo do concorrente para o seu, e porque ele está no topo.

Vou citar alguns blogs bem relevantes: blog gupyblog solides, e blog passa no rh.

 

Conhecimento da persona

O ponto mais essencial para qualquer investida online é conhecer suas personas. Criar a personificação do seu cliente ideal é primordial para produzir conteúdos, materiais e conseguir atrair o público que você deseja.

Nossa persona ideal pode ser tanto candidatos como empresas, depende do seu objetivo você pode agradar todos os públicos, apesar que ter um foco em um público, fica bem mais fácil de atingir o sucesso. Exemplo:

“Carla tem 30 anos, mora em Belo Horizonte, formada em marketing, em busca de recolocação no mercado de trabalho.”

Além de gerar conteúdos relevantes que ela tem interesse de ler, posso postar somente vagas de marketing.Use o gerador de persona da rock content, para te ajudar a montar sua persona ideal.

Dicas de Post de RH

  • Fale sobre assuntos que estão em alta, como por exemplo People Analitycs é a tendência que pode revolucionar a gestão de RH;
  • De dicas de entrevista para os candidatos;
  • Fique atento a tecnologia e fale sobre os softwares de recrutamento;
  • Como divulgar e atrair talentos das melhores universidades?

  • Os melhores sites de emprego para se candidatar.

  • Como se recolocar no mercado de trabalho.

Links Patrocinados nas redes sociais

Comece criando uma fanpage no facebook, crie um perfil profissional no linkedin e promova conteúdo de qualidade neles e veja como isso vai colaborar com seu sucesso.

Além da divulgação gratuita, as redes sociais permitem que você faça campanhas por um valor muito barato, para um público bem segmentando. Vale a pena!

 

Guest Post

Abra espaço para colaboradores, conteúdo de outras pessoas são um atrativo a mais para o seu blog. Pois serão com certeza um diferencial, e são quase essenciais para um blog ter sucesso, afinal nem sempre temos tempo suficiente para escrever artigos no blog.

E o fato de haver um link fazendo ponte para seu site principal, já faz com que o Google valorize seu trabalho.

Gere receita através do seu blog

Tem muitos profissionais de RH que já criaram seu blog e estão gerando receita. Quer saber como? Leia o nosso artigo: “Como profissionais de RH estão usando blogs para gerar renda extra?”

Gostou do artigo? Compartilhe nas suas redes sociais!

 

kit checklist + template - anunciar vagas