Escolha uma Página

Empresas modernas buscam a inovação para alcançar padrões de excelência. Um exemplo disso é o job rotation, conceito introduzido no Brasil pelas multinacionais.

Quando o assunto é treinamento de funcionários, as grandes empresas são uma referência na criação de programas internos capazes de capacitar enorme número de pessoas.

Quanto mais se investe em aprendizado, melhores são os resultados do negócio. Isso porque pessoas confiantes e preparadas para os desafios produzem mais e melhor.

O job rotation, traduzido como “rotação de emprego”, é um conceito muito falado no universo corporativo, mas ainda pouco explorado se comparado aos benefícios que traz.

Para disseminar essa prática e demonstrar o poder que ela tem para uma empresa, vamos dedicar este post às suas vantagens. Acompanhe e confira!

Qual é o conceito de job rotation?

Utilizado, principalmente, em cargos de estagiário e trainee (outro conceito trazido pelas multinacionais), o job rotation é uma prática que consiste numa espécie de rodízio de trabalho, no qual o colaborador atua em diferentes cargos por um período de tempo limitado.

O objetivo dessa rotação, ou melhor, os objetivos dessa prática são muitos, mas o principal deles é promover o aprendizado desses profissionais e prepará-los para possíveis desafios futuros.

Portanto, podemos dizer que é uma técnica de treinamento na qual o funcionário transita em diferentes funções pertencentes a outros profissionais de diferentes setores.

Por meio dessa técnica, ele aprende na prática como funciona esse setor e consegue criar uma visão mais completa sobre o trabalho das equipes e o seu impacto nas estratégias da organização.

Como aplicar esse tipo de treinamento na empresa?

Todo treinamento deve ser adaptável e se inserir na rotina da organização de modo estratégico, no momento certo e da maneira que a empresa precisa. Logo, isso quer dizer que a sua aplicação pode variar de acordo com as demandas internas.

Seja por um dia, seja por uma semana ou mais, dependendo dos objetivos da empresa, deve-se definir uma duração particular para cada grupo ou setor.

Quando falamos em objetivos da empresa, estamos nos referindo às metas em relação ao treinamento.

Vamos imaginar que jovens trainees vão passar por esse tipo de treinamento por um dia apenas para aprender determinadas habilidades com a força de vendas. O objetivo da gestão pode ser mostrar para essa equipe como é na prática o processo de venda para compreender o impacto de determinadas tarefas no resultado desse processo.

Além disso, pode-se também inserir esses jovens em tarefas de gestão a fim de prepará-los para esse tipo de função futuramente.

Como se pode ver, tudo vai depender do que a empresa quer com o treinamento e o que ela acredita ser essencial para o crescimento desses profissionais e da organização como um todo.

Quais são os riscos dessa prática?

O que não pode acontecer é utilizar esse tipo de treinamento para preencher deficiências de equipes e funções, a fim de camuflar uma espécie de mutirão para o setor de destino ou mesmo um desvio de função.

O real objetivo da rotação de cargos é o aprendizado e, por isso, trata-se de um instrumento para treinar pessoas.

É vantajoso para a empresa ter pessoas com grande conhecimento em determinadas áreas, ainda que todo bom profissional deva entender sobre assuntos variados. Sendo assim, outro risco é formar profissionais generalistas demais e não situar o colaborador em uma área de dominância.

Guardadas essas preocupações com a aplicação correta da técnica, vamos às vantagens envolvidas com o job rotation!

Que vantagens o job rotation traz para o negócio?

A partir dos pontos que colocamos acima, a essa altura já se tem uma visão mais clara sobre o que é o job rotation e para que ele serve. Agora, vamos tratar dos motivos que levam as empresas a investir nessa prática, ou melhor, as vantagens. Vamos lá!

1. Oportunidade para os funcionários

Para o profissional, o job rotation é uma oportunidade de adquirir conhecimento e demonstrar suas competências em áreas que a sua atual função não permite desenvolver.

Além de ampliar o seu campo de trabalho, ele ainda:

  • desenvolve novas habilidades;
  • prepara-se para assumir desafios maiores;
  • fica mais engajado com outros setores;
  • ganha visibilidade;
  • adquire autoconfiança;
  • dá o seu primeiro passo em direção à liderança.

2. Baixo custo

Utilizar os próprios recursos, de maneira produtiva, para treinar colaboradores é uma forma inteligente de unir aprendizado e eficiência.

Como a rotação é feita durante o horário de expediente, a empresa elimina uma série de custos com o funcionário em treinamento e ainda promove um conhecimento 100% útil e compatível com as demandas da empresa.

3. Desenvolvimento de novas lideranças

As vantagens do treinamento de colaboradores em diferentes funções têm relação direta com o aumento da capacidade de liderança nesses profissionais.

Ao dominarem outros conhecimentos e estarem ainda mais eficientes na sua rotina, compreendem agora de modo estratégico o impacto da sua atuação. Isso resulta em equipes mais responsáveis e com grande poder de tomada de decisões.

4. Melhora no clima organizacional

O clima organizacional é a percepção da equipe sobre seu ambiente de trabalho, incluindo relações interpessoais, condições físicas do ambiente, instrumentos, ferramentas e sensação de valorização.

A respeito disso, o treinamento em si já demonstra uma preocupação com o crescimento do funcionário, o que soma pontos para a empresa.

Além do mais, o contato com outras equipes e setores fortalece os laços do funcionário com a organização e traz mais satisfação em fazer parte daquele contexto. Mais um fator relevante para a percepção das equipes sobre o local de trabalho.

Sendo assim, na hora de decidir por melhores rumos para a sua carreira, o profissional que passa pelo job rotation tem mais chance de inserir a organização na sua trajetória de crescimento. Isto é, a falta de oportunidade para se desenvolver não será nunca um motivo para a perda de grandes talentos.

Quer ter esses conteúdos sempre à sua vista? Curta a nossa página no Facebook e aprenda muitas outras práticas modernas desse universo corporativo. Junte-se a milhares de pessoas que, como você, querem se preparar para o mercado!

ebook manual contratação eficiente