Escolha uma Página

Atualmente, para captar um volume adequado de currículos, é necessário anunciar bem suas vagas de emprego. Isso porque a todo momento são anunciadas novas vagas, aumentando concorrência nos sites de emprego.

Por conta desse grande volume de vagas, muitos candidatos bons acabam não vendo seu anúncio de vaga e sua empresa perde em qualidade no processo seletivo.

Quer saber como anunciar bem suas vagas de emprego?

Nesse artigo, nós criamos um passo a passo simples para garantir que seus anúncios de vagas terão resultados efetivos. Separamos esse processo em 3 grandes etapas:

  • Antes de anunciar a vaga
  • Ao anunciar a vaga
  • Depois de anunciar a vaga

 

Passo 1: Antes de Anunciar a vaga

 

Reflita se a contratação é realmente necessária

Antes de se dar ao trabalho de anunciar uma vaga, você deve pensar se sua empresa realmente precisa contratar mais um funcionário. É sempre bom refletir sobre o assunto porque esse profissional terá um custo mensal para a empresa.

Algumas perguntas que ajudam a refletir são:

  • Existe orçamento para essa contratação?
  • Existe demanda de trabalho para esse funcionário?
  • Quais resultados a empresa pretende atingir depois de contratar esse funcionário?

 

Veja como o mercado está descrevendo a vaga para essa cargo

Depois de decidir que a contratação é realmente necessária, é hora de estudar como outras empresas estão anunciando aquela mesma vaga. A ideia desse passo é juntar ideias de anúncios de vaga bem escritos e utilizar partes desses exemplos no seu anúncio de vaga.

Imagine que você está precisando contratar um vendedor externo. Para descobrir os melhores anúncios de vaga nessa área, você pode pesquisar “Vendedor Externo” em alguns sites de emprego diferentes e selecionar os anúncios que mais te chamaram a atenção.

Tente reparar na forma com que as empresas se vendem no anúncio de vaga, na forma com que elas representam seus valores e diferenciais. Fique atento também no que as empresas estão pedindo em relação às responsabilidades, requisitos e perfil.

O ideal é selecionar no mínimo 3 anúncios de vaga bem escritos!

 

Revise as especificações da vaga com profissionais da área

Depois de analisar o que o mercado tem pedido para a posição em aberto, é indicado pedir para um especialista revisar seu anúncio de vaga. Isso porque um especialista consegue revisar se as responsabilidades e os requisitos não estão incompletos ou pedindo habilidades demais.

 

Passo 2: Ao anunciar a vaga

 

 

Título: Coloque palavras que indiquem o nível de senioridade

Palavras como Junior/Pleno/Senior ou Auxiliar/Analista/Gerente conseguem indicar aos candidatos qual é o nível de experiência exigido pela vaga. Vale bastante a pena deixar essa informação clara logo no título, porque evita que candidatos com níveis de experiência diferentes se candidatem para sua vaga.

Veja alguns exemplos de como usar essas palavras que indicam senioridade:

  • Desenvolvedor PHP Junior
  • Designer gráfico Pleno
  • Vendedor Externo Senior
  • Auxiliar Contábil
  • Analista de Compras
  • Gerente Financeiro

 

Descrição: Venda bem sua empresa

O início da descrição da sua vaga é o melhor espaço para você falar bem da sua empresa. Logo nos primeiros parágrafos você pode falar sobre a história da empresa, sobre a cultura organizacional e sobre os valores.

Se não for possível divulgar o nome da empresa, coloque ao menos o ramo de atuação, o tamanho e o tempo de mercado. Essas informações são muito relevantes para os candidatos!

Imagine anunciar uma vaga de “Vendedor Externo” sem descrever o que esse vendedor irá vender. A probabilidade de captar currículos fora do perfil se torna muito maior.

 

Descrição: Não cometa discriminações

Tome cuidado para não cometer discriminações no seu anúncio de vaga, porque isso vai contra a Constituição do Brasil e as Leis CLT.

Infelizmente, muitas empresas ainda cometem esse erro ao descrever suas vagas. As principais discriminações acontecem são em relação a idade (art. 7o, inciso XXX, da CF-88), sexo (art. 5o, inciso I e art. 7o, inciso XXX, da CF-88), cor e raça (art. 7o, inciso XXX, da CF-88) (art. 3o, inciso IV, da CF-88) e estado civil (art. 7o, inciso XXX, da CF-88).

Veja alguns exemplos de discriminações em anúncios de vagas:

  • Idade: Gerente acima de 30 anos
  • Sexo: Empresa XYZ contrata 2 vendedoras de loja
  • Cor e raça: Supervisor de venda e vendedor: currículo com foto
  • Estado civil: Empregada doméstica solteira

 

Benefícios: Vá além dos benefícios comuns

Se sua empresa der benefícios diferenciados para os funcionários, não esqueça de adicioná-los no anúncio de vaga. Muitas empresas tem benefícios como “Horário flexível”, “Roupas casuais”, “Massagem laboral”, etc. Esses benefícios extras podem causar uma boa impressão para sua marca e ser um fator decisivo para candidatos qualificados.

 

Salário: Inclua ao menos uma faixa salarial

Sem dúvida, o salário é um dos principais fatores que levam um candidato a enviar um currículo para sua empresa. Então, fazer uma pesquisa salarial e definir quanto a empresa pode pagar para um novo funcionário é um passo crucial.

Se não for possível divulgar o salário da vaga, coloque ao menos uma faixa salarial. Empresas que são transparentes quanto a questão do salário costumam captar currículos em quantidade e qualidade.

Ainda tem dúvidas de como descrever sua vaga?
Nós separamos 3 templates de vagas que deram bons resultados aqui no Recruta Simples. É só você copiar, colar e mudar para o cenário da sua empresa.

Passo 3: Depois de anunciar a vaga

 

 

Replique seu anúncio de vaga em diferentes sites de emprego

Uma vez descrito o anúncio de vaga, é recomendado não depender de apenas alguns sites de emprego. Como vamos mostrar abaixo, existem vários tipos de sites de emprego, com diferentes áreas de atuação e nichos de mercado.

Veja alguns tipos de categorias de sites de emprego:

  • Sites de emprego nacionais: Sine, Infojobs, LinkedIn
  • Sites de emprego regionais: Vagas SP, Emprega Sampa, Vagas ABC, Vagas Urgentes SP
  • Sites de nicho: Hipsters Jobs, Rock Jobs, Seu Home Office, Estagiarios.com, Contratanet
  • Agregadores de vagas: Indeed, Jooble, Jobatus, Mitula, Jobbol

 

No Recruta Simples, nós fazemos essa divulgação em massa por você. Na nossa ferramenta, você anuncia sua vaga apenas 1 vez e nós divulgamos essa vaga para +60 sites de emprego de forma automática.

 

Compartilhe em grupos especializados do Facebook

Uma outra fonte que costuma trazer um volume interessante de candidatos são os grupos do Facebook. Se você procurar bem, verá que muitas cidades e profissões possuem grupos para divulgar vagas. Por exemplo, grupos como “Vagas de emprego em São Paulo”, “Sushiman Vagas e Serviços” ou “Vagas Programadores/Desenvolvedores”.

O primeiro passo é mapear os grupos do Facebook e pedir para entrar nos mais relevantes. Depois da aprovação, publique o link da vaga em todos os grupos da área que puder.

Uma dica legal para descobrir se algum candidato entrou para sua vaga através dos grupos do Facebook é usar um encurtador de links. O bit.ly, por exemplo, mostra as estatísticas de quantos cliques o seu link encurtado teve. Dessa forma, você consegue medir a efetividade desses diferentes grupos.

 

Compartilhe na página do Facebook/LinkedIn da sua empresa

Independente da vaga, sempre é bom compartilhar a oportunidade nas redes sociais da empresa. Isso porque as pessoas que seguem sua empresa, já conhecem um pouco sobre a história, valores, cultura e seriam currículos bem segmentados.

 

_____

 

Você tem um processo diferente de anunciar vagas de emprego? Deixe o seu comentário abaixo!

Achou o conteúdo interessante? Compartilhe nas suas redes sociais!

 

kit checklist + template - anunciar vagas