Escolha uma Página

A gestão de benefícios pode ser conceituada como uma política que busca conceder uma melhor condição de trabalho por meio das vantagens ofertadas, e está diretamente ligada à remuneração do colaborador.

Um dos objetivos dessa oferta é atrair e reter talentos. Entretanto, nem sempre o pacote de incentivos atinge os resultados esperados. Essa situação é familiar? A sua empresa continua enfrentando problemas com os colaboradores e não entende como isso é possível?

Se você está em busca e respostas para alguns problemas, como o turnover e a contratação dos melhores profissionais do mercado, nós podemos ajudar. Preparamos este artigo com o intuito de revelar como as vantagens de administrar com foco no colaborador pode ser benéfico para a organização. Continue a leitura e saiba mais!

Redução de turnover

Embora a tradução da palavra possa ser “virada” e “renovação”, a expressão pode ser usada em diversos contextos. Quando se trata do mundo corporativo, o turnover significa a alta rotatividade de funcionários em um curto período. Ou seja, demissões e contratações recorrentes. Podemos atribuir diversas causas a esse processo:

  • aposentadoria;
  • fins de contrato;
  • desligamentos;
  • demissões voluntárias.

O número elevado de funcionários que pedem as contas pode ser em razão da falta de suporte dado pela empresa. Profissionais insatisfeitos com seus ganhos tendem a procurar companhias mais alinhadas com o que desejam para o presente e para o futuro.

A gestão de benefícios está intimamente ligada a esse processo. Reter talentos é tão importante quanto atraí-los e adotar uma política com vantagens interessantes é requisito básico para manter um quadro de colaboradores sem alterações frequentes.

Aumento da produtividade

Foi-se o tempo em que os benefícios se limitavam ao plano de saúde e ao vale alimentação. Atualmente, as empresas vêm oferecendo serviços cada vez mais inovadores para atrair e reter profissionais, que vão desde a possibilidade de trazer o pet para o trabalho, até as viagens corporativas para o exterior como prêmio pela produtividade.

É claro que a sua empresa não precisa ir tão longe. Aumentar o valor do vale alimentação pode ser o suficiente para impactar a produtividade de maneira positiva. Quando a equipe se sente valorizada, trabalha com mais entusiasmo e menos reclamações. Como consequência, aumenta a capacidade de produzir e diminui a margem de erros.

Integração entre os colaboradores

Muitos empregadores têm uma certa dificuldade em demonstrar que percebem seus funcionários como pessoas que integram um sistema, e não apenas como números ou máquinas.

Outros até tentam não passar essa impressão, mas acabam se restringindo ao básico, que, na verdade, não passa de uma obrigação, como o pagamento do salário em dia. Essas são atitudes que aumentam a insatisfação das pessoas e acabam se refletindo nos problemas citados nos tópicos anteriores, como o aumento do turnover e a baixa produtividade.

Muitos administradores não percebem que a gestão de benefícios pode ir além das facilidades concedidas. Promover a integração entre os colaboradores com atitudes simples, como um delicioso café da manhã todas as segundas-feiras, tem o poder de suavizar a rotina e fazer com que as equipes trabalhem ainda mais alinhadas.

Promoção do bem-estar

Uma gestão inteligente deve considerar a promoção do bem-estar como uma iniciativa estratégica, e não apenas como um benefício. A implementação de programas que favoreçam a saúde da equipe pode aumentar consideravelmente a produtividade, o engajamento e a lucratividade.

Não são novidades para ninguém os benefícios que os exercícios físicos trazem ao corpo e à mente. Pessoas que mantêm uma rotina saudável costumam adoecer menos, são mais ativas, menos estressadas e mais dispostas. E funcionários com esse perfil são muito interessantes para uma empresa.

Experimente conceder um desconto na academia ou montar grupos de corrida, treinamento funcional ou caminhada no trabalho. Certamente, os níveis de absenteísmo vão cair na mesma proporção que a produtividade aumentar.

Projetos mais criativos

O mercado de trabalho anda muito mais competitivo e o processo de captar e manter os clientes torna-se crescentemente mais complexo. Se antes, bastava um produto de qualidade ou um serviço inovador, hoje, as empresas se obrigam a investir em novos projetos regularmente.

O fato é que atrair a clientela demanda ações criativas e isso depende diretamente de uma equipe que tenha potencial para trabalhar dessa forma. Contudo, um sistema de trabalho tradicional pode não ser o suficiente para extrair as melhores ideias dos funcionários.

política de horários flexíveis vem se popularizando cada vez mais. Não por acaso, os indivíduos têm suas particularidades e nem todas as cabeças funcionam melhor em horário comercial. As melhores campanhas de marketing podem ser fruto de uma reunião que aconteceu às sete da noite, ou em um expediente que iniciou às dez da manhã.

Equipe capacitada

Não podemos falar de uma gestão de benefícios eficiente sem citar a possibilidade de um quadro de funcionários altamente capacitado. E isso não precisa ser construído na contratação.

Muitas vezes, vencer o salário e o clube de vantagens oferecido pela concorrência é difícil. A empresa pode até fornecer uma boa remuneração, um vale generoso e outros projetos que promovam o bem-estar e, mesmo assim, ter dificuldades em atrair perfis experientes e habilidosos.

Já pensou em investir na mão de obra que já faz parte da sua equipe? Estruturar um plano de cargos e salários, conceder treinamentos e firmar parcerias com instituições de ensino são ações que permitem que a organização descubra talentos e desenvolva novos líderes. Acredite no potencial dos seus colaboradores!

Rotina otimizada

rotina do departamento de Recursos Humanos pode ser muito desgastante, pois é comum que a parte burocrática seja constantemente interrompida pelas necessidades de prestar atendimentos que, obviamente, não podem ser negados. O adiantamento salarial é um dos motivos dessas interrupções frequentes e pode ser facilmente resolvido se a empresa adotar uma política em que todos recebam esse valor.

Além disso, disponibilizar uma data e um horário específico na semana para prestar esclarecimentos, um sistema em que o funcionário tenha acesso ao próprio banco de horas e os telefones úteis para resolução de problemas, como do plano de saúde e do gerente da conta-salário, otimizam o tempo do setor e deixam o colaborador satisfeito.

Que tal sair do óbvio, experimentar novas ações dentro da gestão de benefícios e colher os frutos positivos que estratégias bem elaboradas podem trazer para a sua empresa? Use e abuse das dicas fornecidas em nosso artigo e comece agora mesmo a implementar mudanças.

Falando nisso, aproveite que está recebendo novas informações e leia nosso artigo sobre os benefícios de um RH estratégico. Até breve!

ebook manual contratação eficiente