Escolha uma Página

Todo gestor de excelência deve saber reconhecer as gerações e diferenciá-las criticamente. Na atualidade, é fundamental entender quem são os millennials e trabalhar as suas principais características para fazer uma boa contratação.

Neste artigo, você encontrará o ponto focal sobre eles para compreender as principais técnicas de abordagem, seleção e contratação. Como diferencial, também orientaremos a como engajá-los no mercado de trabalho.

Descubra em uma leitura rápida as principais características dessa importante geração, aprenda a trabalhar com eles e como extrair o melhor de cada um. Continue a leitura!

Como reconhecer as gerações?

Os millennials são conhecidos como a geração Y (nascidos entre 1979 e 1995). Eles sucedem a geração X e antecedem a classe Z, também chamada de centennials.

Dentro dos próprios millennials é possível diferenciar a classe em dois grupos diferentes: os old millennials, nascidos nos nove primeiros anos da geração, e os young millennials, nascidos nos últimos oito anos.

Ainda na missão de saber quem são os millennials, é fundamental reconhecer e diferenciar cada faixa etária e trabalhar as características para extrair o melhor de cada um. Especialmente quando iniciaram a fase adulta, essas pessoas enfrentaram mudanças rápidas e significativas que alteraram os seus comportamentos.

Quais as características dos millennials?

Os old millennials passaram a infância e a adolescência nos anos 90 e não conviveram com acesso massivo a smartphones, apps e internet. 

Eles tendem a ser mais otimistas, flexíveis e colaborativos. São mais nostálgicos e dispostos para afazeres domésticos. Entre seus maiores objetivos e preocupações podemos destacar a conquista de empregos, viagens, a aquisição de uma casa própria e o desejo de voltar aos estudos.

Já os young millennials passaram sua infância e adolescência nos anos 2000. Nessa década as pessoas já nasceram conectadas e tiveram presença muito mais forte das redes sociais. Também conviveram com mais intensidade a crise financeira e acabam sendo mais realistas e conscientes em relação às finanças. Além disso, são mais impacientes e gostam de Filosofia.

Entre as características comuns aos dois grupos apontamos principalmente:

  • incredulidade em propagandas;
  • influência por blogs para consumir;
  • confiança na autenticidade;
  • lealdade no consumo;
  • desejo de produzir em parceria com a organização.

Como contratar millennials?

Além de compreender as características dessas pessoas o gestor deve observar o ambiente interno e avaliar a cultura organizacional em sua estrutura, procedimentos e outros aspectos. Para atrair a geração de millennials é importante também:

  • flexibilizar o horário de trabalho;
  • criar planos de carreira;
  • fornecer feedbacks contínuos;
  • estabelecer treinamentos e desenvolvimentos de pessoal;
  • oferecer benefícios e participações em lucros;
  • abrir a comunicação com as lideranças;
  • promover metas, objetivos e recompensas.

Como engajá-los?

Os millennials buscam o conhecimento e se sentem valorizados com novas oportunidades de estudos após a graduação. Dessa forma, se adaptam facilmente a ambientes multitarefas que exigem o estudo e o trabalho ao mesmo tempo. Além disso, se engajam em desafios, oportunidades para o crescimento de carreira e abertura para apresentar ideias novas.

Viu como essa geração é importante no contexto produtivo? Vale ressaltar, ainda, que para ser assertivo e obter uma contratação mais precisa é altamente recomendável o uso de uma plataforma inteligente e robusta.

Quem são os millennials? Agora você já sabe! É hora de descobrir quem somos nós. Entre em contato agora mesmo para entender como podemos ajudá-lo nessa importante missão!

ebook manual contratação eficiente