Escolha uma Página

Em uma empresa, um estagiário tem papel tão relevante quanto os outros funcionários. No entanto, nessa modalidade de contrato, existem questões singulares que demandam o planejamento de um programa de estágio para que haja esse tipo de contratação.

Em linhas gerais, um programa de estágio detalhado contempla uma série de aspectos que envolvem o papel do estagiário, tendo um impacto positivo na empresa como um todo. Acima de tudo, trata-se de uma oportunidade de desenvolvimento para ambos os lados, garantindo a qualificação de futuros profissionais. Mas ele carrega também uma certa complexidade, pois precisa reconhecer que, embora seja tão importante quanto, o vínculo de estágio não é como os demais.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e veja agora o que é um programa de estágio, qual sua função e quais benefícios ele proporciona para as empresas!

O que é um programa de estágio?

Quando falamos em programa de estágio, estamos nos referindo a uma ferramenta organizacional importante para empresas que desejam ter profissionais qualificados e, ao mesmo tempo, alinhados com a missão do negócio.

O programa de estágio favorece a identificação de talentos, potencializando habilidades para criar carreiras de sucesso dentro de uma empresa. Organizações que se preocupam com uma força de trabalho capacitada e fiel aos valores internos precisam lançar mão de seus programas a fim de atrair jovens talentos que podem garantir a continuidade de boas ações no futuro delas.

Com esse tipo de programa, o estagiário poderá sempre contar com a possibilidade de ser efetivado. Isso torna as equipes de trabalho mais engajadas e motivadas para produzirem mais e melhor.

Vale lembrar que, de acordo com a Lei Nº 11.788/2008, o período de estágio em uma empresa pode durar de 6 meses a 2 anos. No artigo 1°, o estágio é definido como um ato educativo escolar e, portanto, difere do vínculo dos demais funcionários em alguns aspectos.

Como construir um para a sua empresa?

Além de respeitar o que é definido por lei, como carga horária máxima de 6 horas por dia, ciclo de até 2 anos, férias, dentre outras obrigações, é importante seguir alguns direcionamentos na hora de montar o programa.

Falamos aqui do ponto de vista da gestão, que deve fazer parte dessa estratégia a fim de otimizá-la e torná-la um meio importante de profissionalização dos estudantes e de crescimento para a empresa.

Entenda agora cada um dos passos essenciais para criar um programa de estágio com sucesso!

Defina gestores para o programa

É importante designar pessoas específicas para gerenciarem o programa de estágio. Esse é o primeiro passo para estruturar um ótimo modelo. Para isso, realize um mapeamento das funções da área e selecione responsáveis de múltiplos setores para conduzirem o programa.

Determine também um orçamento com as atividades que serão necessárias para implementar um programa de sucesso. Nesse sentido, falamos sobre estruturação de processos seletivos, integração, treinamentos e monitoramento dos estagiários.

Estipule perfis profissionais e comportamentais

Crie um perfil profissional e comportamental, ou melhor, perfis. Para ter certeza de que os estagiários vão poder agregar coisas positivas tanto à empresa quanto à sua própria formação, é preciso saber de que áreas eles vêm e o que é preciso ter como característica comportamental.

Incluem-se aqui aspectos como capacidade de liderança e habilidades em vendas, com tecnologias, sistemas, idiomas, dentre muitas outras que a sua empresa pode precisar e deve colocar como requisito.

Alinhe competências aos objetivos da empresa

Ao analisar o tipo de competência de que sua empresa precisa, é preciso alinhá-la com objetivos e metas. Se um dos objetivos é, por exemplo, tornar-se mais digital, as contratações devem refletir isso, com pessoas adaptadas a novas tecnologias e dispostas a trabalharem em um ambiente mais moderno.

Crie meios para monitorar os resultados

Basicamente, os estagiários devem ser avaliados. Nesse tipo de relação, isso é não somente uma escolha, mas também uma necessidade. Portanto, após definir todos esses aspectos que falamos até aqui, é preciso criar meios para monitorar o desempenho dos estagiários, controlando assim seus resultados e fornecendo feedbacks específicos para os indivíduos que fazem parte desse grupo.

Como saber se o seu programa de estágio está bom?

Em uma reportagem, a revista Exame trouxe uma série de modelos de programas de estágio e de trainee. Nela, estavam grandes nomes como a Danone e a AMBEV, cujos programas foram considerados destaques.

Ao observarmos cada um desses modelos, podemos dizer que há características em comum. São elas:

  • pré-requisitos mínimos de formação;
  • competências obrigatórias, como a fluência em um idioma;
  • habilidades com ferramentas específicas;
  • benefícios oferecidos ao estagiário;
  • objetivos do programa em relação aos novos contratados.

Sobre os objetivos, eles se referem ao papel que os estagiários têm para a empresa, assim como os planos que ela tem para esses novos talentos. Oportunidade de ascensão e formação de lideranças são dois exemplos de objetivo.

Que benefícios um programa de estágio proporciona?

Em vez de ter apenas uma forma de contratação, sua empresa pode explorar diferentes tipos de vínculos. Isso enriquece sua força de trabalho e aumenta a diversidade de perfis.

Ter um programa de estágio é garantir uma renovação periódica, tanto intelectual quanto cultural. Além disso, traz mais capacidade de inovação, visto que as habilidades e os requisitos de programas podem evoluir a cada período, de acordo com novas necessidades.

De forma geral, podemos dizer que as empresas investem em estagiários porque reconhecem seu valor para o futuro. Se bem adaptado e engajado no negócio, o estagiário de hoje pode ser uma grande liderança amanhã.

Estar ao lado de grandes nomes investindo em ações nas quais eles também investem é dar um passo diferenciado no mercado, obtendo vantagem competitiva. Ao criar um programa de estágio, sua empresa deve estar ciente dos requisitos de que precisa, assim como do que ela pode oferecer para esses novos talentos.

Depois de ler esse conteúdo, ficou mais fácil entender como construir um programa de estágio de sucesso em sua empresa? Assine nossa newsletter e receba outros artigos com estratégias valiosas para o seu negócio diretamente no seu e-mail!

ebook manual contratação eficiente