Escolha uma Página

Todo gestor de RH sabe a importância de uma seleção de pessoas bem executada. Dominar o tema é pressuposto fundamental para qualquer um que pensa em excelência no seu trabalho.

Só quem domina terá autoridade para alcançar cargos mais altos e reconhecimento da alta diretoria. Evolução histórica, atualizações tecnológicas e soluções digitais são fundamentais nesse caminho de ascendência.

Este artigo é para você que pretende otimizar esse processo com muita excelência e aprimorar a gestão com resultados reais. Além disso, o destaque atual nessa perspectiva é a análise comportamental que vamos priorizar neste post. Acompanhe!

Analise a evolução histórica da seleção de pessoas

O processo de seleção de pessoas tem mudado nos últimos anos, e um aspecto de avaliação especial tem ganhado muito destaque: a análise comportamental. É nessa perspectiva que vamos nos concentrar.

Bem antes do nascimento de Cristo, os gregos já analisavam pessoas com bases naturais como o fogo, o ar, a água e a terra. Apesar de rudimentar, essa avaliação permitia um entendimento do ser humano em relação aos seus medos, sua coragem e sua sabedoria.

Ainda antes de Cristo, aproximadamente em 370, surge Hipócrates, personalidade considerada o pai da Medicina com explicações fisiológicas como cor da bílis e espessura do sangue para identificar comportamentos. A partir disso, apareceram as primeiras classificações como um indivíduo sanguíneo (levado por emoções) ou colérico (temperamento raivoso) entre outras.

Já no século passado o pesquisador William Moulton Marston cria dois prismas de análise de comportamento: interno e externo. Na primeira perspectiva a percepção da pessoa é observada em relação ao meio em que está.

Na perspectiva externa a análise é feita em relação às influencias que o ambiente causa no avaliado. Esse estudo gerou a metodologia DISC que se baseava em quatro pilares diferentes. Veja:

  • Dominance (dominância);
  • Influence (influência);
  • Steadiness (estabilidade);
  • Conscientiousness (conformidade).

Nos dias atuais, o que mais tem chamado a atenção é a demissão por problemas comportamentais. O raciocínio se torna ainda mais relevante quando os perfis mais adequados à organização absorvem com mais facilidade novas técnicas e habilidades.

Então devemos abandonar totalmente os aspectos técnicos e primar apenas pelo comportamento em uma seleção? Não. Por outro lado, uma escolha pautada em perfil tende a ser muito mais eficaz nesse sentido. Acompanhe agora como esse tipo de análise otimiza o processo seletivo.

Otimize o processo de seleção de pessoas com a análise comportamental

Diante disso, a análise de fatores comportamentais se transformou em estratégia-chave para aprimorar o processo seletivo e melhorar os resultados em diversos aspectos. Alguns números passaram a ser observados em organizações que primavam por esse tipo de escolha.

A diminuição de turnover foi o primeiro resultado de grande importância. Contratar por comportamento garante uma adequação e um alinhamento com os valores organizacionais. Acompanhe algumas aplicações importantes da avaliação comportamental:

  • relatório do perfil profissional e entrevistas comportamentais na fase de recrutamento;
  • base para realocação em novas funções ou necessidades de treinamentos e reciclagens;
  • análise sobre a aptidão para promoções, desafios e feedbacks mais precisos.

Use ferramentas, boas práticas e estratégias que tornem mais eficiente a execução do processo seletivo analisando fatores comportamentais relevantes e adequados ao perfil esperado pela organização.

Analise competências comportamentais identificando experiências profissionais e pessoais anteriores. Esse tipo de avaliação retorna as habilidades sociais que o candidato tem para realizar ações reais do cotidiano da organização.

Realize entrevistas pessoais, testes psicológicos e dinâmicas de grupo que evidenciem características que podem ou não estar descritas em seu currículo. A partir disso, assegure a veracidade de informações e até identifique valores implícitos.

Avalie se o candidato tem foco em resultados com testes que medem a capacidade de alcançar metas, cumprir objetivos e transparecer a responsabilidade sobre suas escolhas e as consequências sobre seus atos.

Utilize sistemas técnicos como o PDA (Personal Development Analysis) que trabalha com cinco pilares para medir dimensões e intensidades como riso, paciência, extroversão, normas e autocontrole ou inteligência emocional.

Identifique e estabeleça um melhor relacionamento com talentos, reconhecidamente mais complexos, porém com alto potencial de entrega de resultados. Use a análise comportamental para explorar esses perfis e melhorar os resultados, desenvolver lideranças e aprimorar a performance de forma geral.

O mercado moderno pauta as escolhas em candidatos com perfis alinhados com o pensamento estratégico da empresa. Então, as competências técnicas se tornam apenas um diferencial em um processo seletivo.

Implemente uma plataforma digital inteligente para aprimorar a seleção de pessoas

Use uma boa plataforma de recrutamento para ajudar a encontrar os melhores candidatos. Nesse aspecto, a Recruta Simples conta com diferenciais de mercado que auxiliam os gestores a encontrar os melhores times para sua empresa.

O uso de tecnologia em processos seletivos permite uma série de vantagens para a organização. Por meio de um software inteligente é possível controlar e analisar informações em bancos de dados, utilizar recursos para traçar perfis comportamentais, realizar entrevistas por videoconferência, além de vários outros métodos e ferramentas digitais.

O anúncio em uma plataforma inteligente poupa esforços e canaliza as estratégias para encontrar pessoas com base em aspectos comportamentais. Além disso, nossos números atestam o sucesso de nossas aplicações. Acompanhe os resultados mais expressivos:

  • mais de 15 mil empresas utilizando a plataforma Recruta Simples para contratar;
  • mais de 2.000.000 de candidatos aplicados em vagas;
  • mais de 100 parceiros integrados automaticamente;
  • mais de 100 novas assinaturas por mês;
  • visibilidade para até 1.000.000 de candidatos.

A ferramenta de divulgação de vagas simplifica o processo seletivo, aumenta o poder de busca e aprimora a seleção com recursos digitais estratégicos. Por um clique é possível anunciar uma vaga em mais de 100 sites diferentes e também nas redes sociais.

Bom, talvez você já conheça grande parte dos assuntos abordados, mas, ainda assim, este post tem a intenção de criar uma reflexão positiva e proativa sobre a evolução do seu trabalho. Acreditamos que o insight para o próximo degrau está na solução Recruta Simples. É hora de impulsionar o desempenho e superar desafios com uma gestão mais poderosa!

Se você gostou deste conteúdo, entre em contato conosco. Nosso intuito é que essa iniciativa concretize seus objetivos e solucione problemas relacionados à seleção de pessoas.

ebook gratis - manual contratação eficiente